Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Tipos de caminhões mais utilizados em transportadoras brasileiras

Você sabe quais são os tipos de caminhões que viajam pelas rodovias brasileiras? Confira os principais veículos de carga do nosso país.
Conheça os tipos de caminhões de carga no Brasil.

Existem muitos tipos de caminhões, cada um possuindo características próprias. Os tipos de cargas, de distância percorrida e de estradas são os principais indicadores de quais serão os melhores veículos para a frota.

Se você trabalha na área de logística e transporte, precisa estar atento aos lançamentos de novos modelos de caminhões e conhecer quais são os que mais rodam nas rodovias brasileiras.

Conheça, de forma objetiva e muito simples, todos os tipos de caminhões que podem ser usados no transporte. Veja a seguir:

Quais são os tipos de caminhões de carga?

Veículos utilitários

Quando falamos de veículo utilitário no meio logístico, nos referimos especificamente a vans, picapes e furgões. São utilizados principalmente por pequenos negócios para o transporte de mercadorias.

Veículo urbano de carga (VUC)

Esse é um modelo 3/4 e é um veículo de menor porte. É recomendado para circulação urbana, possui carroceria baú e transporta cargas secas, caixas e embalagens. Possui capacidade máxima de 3,3 toneladas.

Caminhão semipesado ou toco

Os caminhões semipesados possuem de 1 a 2 eixos, 3 tipos de carroceria (grade baixa, plataforma e sider), capacidade máxima de 6 toneladas e normalmente transportam cargas secas, caixotes, engradados, tambores, entre outros.

Caminhão pesado ou truck

Com capacidade máxima de 23 toneladas, o truck é um modelo chamado de 6×2, pois possui em sua estrutura 6 rodas, dois eixos tracionados pelo motor e 1 eixo não motorizado que auxilia na estabilidade do veículo.

Possui carroceria de grau baixo e alta de até 14 metros, transportando cargas secas, caixotes, engradados, produtos a granel, entre outros.

Planilha gratuita para o controle de pneus na frota

Organize em um só lugar o registro de todos os pneus de sua operação e reduza custos através de uma maior vida útil e menor consumo de combustível.
Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Quais são os tipos de caminhões para cargas pesadas?

Os caminhões de cargas pesadas possuem cabine de motorista, rodas de tração, eixos com força motriz ou cavalo mecânico. Quanto maior o número de eixos, mais tração possui o veículo.

Tipos de caminhão para carga que podem ter vários eixos:

Cavalo mecânico ou caminhão extrapesado

É um veículo com eixo simples (2 rodas de tração), comprimento de até 18,15 metros, capacidade para até 41,5 toneladas, carrocerias de grau baixo, alta, prancha e contêiner. Transporta cargas secas, caixas, paletas, aço, máquinas e maquinários, entre outros.

Cavalo mecânico trucado

Carreta com ainda mais capacidade, até 57 toneladas, carroceria alta que pode chegar em até 19,8 metros de comprimento e apta para transportar produtos a granel, caixotes, aço, entre outros.

Carreta de 2 eixos

Possui cavalo mecânico e semi-reboque com 2 eixos cada. Ainda, possui comprimento máximo de 18,15 metros, peso de até 33 toneladas, pode apresentar carrocerias de grau baixo, alta, prancha e contêiner. Transporta cargas secas, caixas, paletas, aço, máquinas, maquinários, entre outros.

Carreta 3 eixos

Sua estrutura comporta o máximo de 41,5 toneladas em até 18,15 metros em uma carroceria de alto nível. Possui cavalo mecânico simples com 2 eixos e um semirreboque de 3 eixos. Transporta também cargas secas, caixas, paletas, aço, máquinas, maquinários, entre outros.

Carreta cavalo trucado

Dispõe de cavalo trucado com semi reboque de 3 eixos, comprimento de até 18,15 metros e peso máximo de 45 toneladas. Em uma carroceria de alto nível, transporta produtos a granel, caixotes, engradados, aço, entre outros.

Bitrem ou treminhão

O modelo de caminhão bitrem costuma ter 7 eixos e pode acompanhar cavalo-mecânico trucado como combinação de veículos de carga. Utiliza um engate tipo B, com uma segunda quinta roda na traseira do primeiro semi-reboque. Esse veículo suporta até 57 toneladas e pode chegar a até 19,80 metros.

Rodotrem

Chegando em até 21 metros e suportando uma capacidade máxima incrível de até 74 toneladas, o rodotrem tem 3 articulações e utiliza o dolly, uma plataforma independente sobre um ou mais eixos para apoio dianteiro do segundo semi-reboque.

Devido à sua imensidão, a sua circulação é mais restrita.

Quais caminhões podem ser dirigidos com carteira b?

Segundo o site do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a categoria B permite a condução de:

Veículos de quatro ou mais rodas (incluindo o quadriciclo, embora com estrutura mecânica semelhante à da motocicleta), que atendam a dois limites: um de carga (3.500 kg) e um de passageiros (8 lugares, além do motorista).

Ou seja, com a carteira de habilitação do tipo B, o motorista possui a permissão para dirigir veículo de peso menor ou igual a 3,5 toneladas.

Além disso, para trabalhar de forma remunerada como caminhoneiro, é necessário habilitar a CNH no Detran da cidade residente.

Qual a diferença entre caminhões e carretas?

Caminhões são constituídos de uma única parte, ou seja, monoblocos. Variam em tamanho e capacidade, mas são veículos fixos.

Já as carretas são articuladas, possuem rodas de tração e unidades de cargas em módulos separados que se acoplam. Também variam em tamanho e capacidade, normalmente também são os tipos mais pesados de caminhões.

Quais os modelos de caminhões mais econômicos para a frota?

Diante de uma frota, esse assunto é muito interessante, não acha? Entre os diversos tipos de caminhões, algumas marcas e modelos se destacam pela economia. Entre eles é possível encontrar:

  • Scania R500: uma marca popular e de qualidade, conhecida por produzir caminhões com ótimo desempenho e econômicos.
  • DAF XF 105: em relação aos veículos tradicionais, além de controle preditivo de cruzeiro e assistente de performance do condutor, tem um desempenho excelente, auxiliando na redução de custos.
  • Volvo FH 540: possui ferramentas que ajudam o motorista a ter uma direção segura e econômica.
  • VW Delivery 11.180: sua principal característica é a agilidade que fornece aos serviços rodoviários de curta e média distância.
  • VW e-Delivery: sua estrutura e sistema de recuperação da energia cinética é o ponto de maior atenção e atratividade.

Agora que você já conferiu os tipos de caminhões, conheça mais detalhes, como o tipo de motor e funcionalidades de cada modelo, decidindo qual o melhor caminhão para a sua frota.

Continue lendo sobre o assunto: 5 modelos de caminhões mais econômicos para a sua frota.

Autor

Jade Zart

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.