Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Como funcionam as reformas de pneus?

As reformas de pneus garantem melhor aproveitamento de recursos e economia para a frota. Conheça cada tipo de reforma e por que vale a pena.
Entenda os tipos de reformas de pneus possíveis.

As reformas de pneus são processos realizados quando o item chega ao fim de sua vida útil. Para tentar prolongar seu uso, o pneu é submetido ao processo de reforma.

Esse processo pode acontecer de três maneiras: recauchutagem, recapagem e remoldagem. Cada uma visa substituir a banda de rodagem de diferentes maneiras, aproveitando algumas características específicas.

A maior questão que gira em torno dos processos de reforma é: será que o pneu reformado volta com os mesmos atributos que um pneu original? Um outro ponto de atenção é sobre o preço do serviço em comparação a aquisição de uma peça nova.

É sobre todas essas questões que vamos abordar a seguir, confira:

Quais são as três formas pelas quais os pneus podem ser reformados?

Recauchutagem

A banda de rodagem é a parte do pneu que fica em contato direto com o solo e pode ser dividida em três partes: sulcos, barras e ranhuras.

Suas estruturas servem para drenar a água em dias de chuva, reduzir a temperatura do pneu e receber a tração do motor, impulso que faz o veículo se movimentar.

O processo de recauchutagem visa substituir a banda de rodagem antiga, incluindo a borracha dos ombros, por uma nova, devolvendo a estabilidade, aderência e tração ao pneu como se fosse novo.

Planilha gratuita para o controle de pneus na frota

Organize em um só lugar o registro de todos os pneus de sua operação e reduza custos através de uma maior vida útil e menor consumo de combustível.
Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Recapagem

A recapagem de pneus é uma forma econômica e segura de restaurar a performance quilométrica de uma banda de rodagem como se fosse nova.

A borracha é higienizada e inspecionada para só depois passar pelo processo de envelopamento, que envolve a substituição apenas da borracha centralizada da banda.

Em geral, a reforma pode ser feita em qualquer modelo de pneu e fica pronta em até dois dias.

Remoldagem

Esse procedimento substitui a banda de rodagem, as laterais e os ombros do pneu a partir de uma carcaça bem preservada.

Isso só acontece com ajuda de uma máquina que remove a borracha desgastada.

Antes da aplicação de uma camada nova de borracha, é feita uma inspeção que mantém registros de todas as informações do pneu.

Como funcionam as reformas de pneus?

Existem duas técnicas para realizar o processo de reforma de pneu: pré-moldado (a frio) e o camelback (a quente), onde:

  • A frio: o pneu é revestido por uma banda de rodagem pré-moldada com desenho já estabelecido.
  • A quente: o pneu é recoberto por uma camada de borracha não-vulcanizada e o desenho é feito por um molde em prensas.

Veja como são os  três tipos de reformas de pneus acontece:

Pneu recauchutado

Esse processo de reforma é adequado para pneus que sofreram algum tipo de desgaste nos ombros — cuja recapagem não é capaz de suprir.

A borracha é substituída e o pneu é levado a molde aquecido a uma temperatura de 150ºC, em seguida, seu desenho é formado e está pronto para uso.

Pneu recapado

No recape quente, a banda de rodagem se incorpora ao pneu em um processo de vulcanização de até 150ºC.

Já no recape frio, a temperatura máxima chega aos 115ºC e a banda de rodagem é pré-moldada, ou seja, está pronta para ser aplicada no pneu.

Pneu remoldado

O processo de remodelagem substitui toda banda de rodagem e flancos, por isso é a menos utilizada. Inclusive, pelo risco de não trazer tanta segurança e durabilidade após a reforma, caso não seja realizada com profissionais bastante experientes.

Toda parte externa do pneu é revestida, o que ocasiona a perda de informações originais de fábrica, como data, peso e velocidade máxima.

Essa técnica é realizada por um molde quente a cerca de 150ºC, mas, antes, passa por uma inspeção que registra todas as informações antigas do pneu.

Quantas vezes o pneu pode ser reformado?

Antes de mais nada, é importante que o pneu passe por uma vistoria técnica para verificar o que pode e deve ser feito no caso de reformas. Um pneu de veículo pesado, contanto que esteja com a carcaça em bom estado, pode receber de duas a três recapagens.

A recomendação é realizar a reforma quando o sulco estiver abaixo de 2 ou 3mm de profundidade, mas nunca menor que 1,6mm, pois é a espessura mínima para rodar em segurança.

Vale a pena fazer reformas de pneus?

Para empresas que desejam evitar gastos excessivos, a reforma de pneus contribui para uma economia de cerca de 50% a 60% em comparação ao valor de novos modelos.

Isso significa que, se realizada conforme as normas de segurança exigidas, o pneu reformado passa a ter a mesma vida útil que uma peça nova.

Além disso, podemos dizer que a prática é considerada sustentável, pois cada pneu restaurado equivale a 57 litros de petróleo e 80% de energia elétrica economizada.

No entanto, não basta apenas recuperar os pneus. O condutor deve manter os cuidados necessários para conservar a banda de rodagem.

Se você gostou e quer ficar por dentro de mais conteúdos como este, não deixe de fazer o download do nosso guia de gestão de pneus!

Autor

Jade Zart

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de Pneus

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Checklist Eletrônico

Esqueça a papelada! Tenha o controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de Manutenção

Da abertura de O.S à solução do problema, digitalize o processo de manutenção de sua operação.

Conheça o Prolog

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Cases

Conheça importantes empresas que já utilizam o Prolog e usufruem dos benefícios de nossas soluções.

Calculadora de Economia

Saiba quanto sua operação pode economizar todos os meses utilizando Prolog.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

Gestão de Pneus

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Checklist Eletrônico

Esqueça a papelada! Tenha o controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de Manutenção

Da abertura de O.S à solução do problema, digitalize o processo de manutenção de sua operação.

Conheça o Prolog

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Cases

Conheça importantes empresas que já utilizam o Prolog e usufruem dos benefícios de nossas soluções.

Calculadora de Economia

Saiba quanto sua operação pode economizar todos os meses utilizando Prolog.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.