Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Estratégia ESG na gestão de frotas: como funciona?

A prática de uma estratégia ESG contribui não só para o meio ambiente, mas para a forma que a empresa é vista pelos clientes. Saiba o por quê.
Entenda o que é uma estratégia ESG para a gestão de frotas.

A estratégia ESG pode ser definida por uma única palavra: sustentabilidade. 

Além disso, ela busca implementar práticas com base em três grandes áreas, que definem a sigla “ESG”: ambiental, social e governança.

Em cada uma delas, há métodos responsáveis por eliminar gastos e diminuir a poluição da atmosfera, como o alto consumo de combustível e a liberação de dióxido de carbono na atmosfera, algo que acontece bastante através dos veículos da frota.

As propostas podem variar, mas estão interligadas, buscando gerar menos impacto ambiental. Neste post, você vai encontrar:

  • O que é ESG?
  • O que é uma estratégia ESG?
  • Como o ESG se aplica na gestão de frotas?
  • Por que o ESG é importante na frota?
  • Como criar uma frota ESG?

O que é ESG?

A sigla ESG, em inglês, representa “Environmental, Social and Governance“, palavras que, traduzidas para o português, significam “Ambiental, Social e Governança.

Embora seja menos utilizada, a sigla em português também existe: ASG.

Isso nos mostra não apenas o interesse das diversas empresas, em especial as transportadoras, em busca das melhores soluções para os negócios, mas também a preocupação em minimizar os impactos na natureza.

O GUIA DA
GESTÃO DE FROTAS

Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

A política ESG parte do princípio de implantar práticas responsáveis de administração e construir, acima de tudo, um mundo mais sustentável.

O que é uma estratégia ESG?

A estratégia ESG está ligada em seguir boas práticas ambientais, sociais e de governança, como citado acima. As mesmas  são colocadas em prática quando uma operação busca reduzir o impacto de seus processos de trabalho na natureza. 

Confira, agora, as práticas relacionadas a cada esfera: 

Ambiental (ou Meio Ambiente)

Aqui, as práticas estão relacionadas a ações como:

  • Economia de água;
  • Utilização consciente de energia;
  • Redução da emissão de carbono (CO²) na atmosfera;
  • Descarte correto de materiais e resíduos.

De forma geral, determinar parâmetros para as emissões de carbono, gestão de resíduos e uso de recursos naturais diminui os impactos ambientais em cada uma das atividades da cadeia logística.

Quando a possibilidade de escassez de recursos naturais e ameaças climáticas é reduzida, a sustentabilidade traz uma vantagem competitiva dentro das organizações.

Social

Aqui, algumas das pautas consideradas são:

  • Legislação trabalhista;
  • Proteção dos dados dos colaboradores;
  • Segurança no trabalho;
  • Condições e relacionamentos de trabalho;
  • Diversidade e inclusão no ambiente de trabalho.

Cada pauta está associada ao investimento da saúde mental e física dos funcionários da organização, de forma a estimular um melhor ambiente de trabalho. Isso traz um impacto direto na produtividade da frota, visando os benefícios para a empresa como um todo.

Governança

Nesse ponto, as questões estratégicas estão relacionadas a:

  • Ética trabalhista;
  • Remuneração apropriada;
  • Disponibilização de um canal de denúncias e ouvidoria.

Mas, como o ESG se aplica na gestão de frotas?

Para aplicar uma estratégia ESG dentro de uma logística de transporte, é preciso primeiro mapear e documentar as atividades e processos da frota. Dessa forma, você consegue identificar as melhores oportunidades para começar a implementar medidas mais sustentáveis.

Vale reforçar também que as práticas ESG devem ser contínuas, uma única ação limitada não é o suficiente para dizer que a sua empresa pratica a sustentabilidade.

Um planejamento bem estruturado de ações, a partir do seu levantamento inicial, é fundamental para definir as metas e estratégias a serem adotadas. Por isso, você também deve ter em vista instruir e conscientizar os colaboradores sobre o papel deles nessas questões.

São práticas do ESG na gestão de frotas:

Ambiental

  • Controle de combustível;
  • Treinamento de direção eficiente e defensiva;
  • Gestão de manutenção veicular focada em prevenção;
  • Diminuição da emissão de gases, como dióxido de carbono;
  • Descarte correto de pneus, dentre outros materiais e resíduos

Social

  • Tecnologia para aumentar a segurança no transporte;
  • Redução no índice de comportamento de risco no trânsito;
  • Plano para a gestão de riscos;
  • Controle da jornada dos motoristas.

Governança

  • Desenvolvimento de culturas na empresa, promovendo segurança, confiança e estabilidade;
  • Gestão de multas;
  • Estratégias de treinamento aos colaboradores;
  • Estabelecimento de uma política de frotas.

Por que a estratégia ESG é importante na frota?

A resposta é simples: porque suas práticas podem trazer oportunidades estratégicas para a gestão de frotas, como a busca por um diferencial competitivo e alinhado com os valores dos clientes.

Mas não é só isso, os principais impactos da estratégia ESG na frota são:

  • Impacto nos aspectos financeiros da empresa;
  • Garantia na fidelidade de consumidores preocupados com as questões ambientais;
  • Redução de desperdícios;
  • Melhores condições trabalhistas para os colaboradores;
  • Redução de riscos na rotina da frota.

Como criar uma estratégia ESG para a frota?

Pode parecer difícil se adaptar às políticas ESG, mas as tecnologias existentes hoje são grandes aliadas para tornar uma empresa mais sustentável

Para exemplificar, o uso de ferramentas que rastreiam veículos e roteirizam as rotas, ajudam a planejar melhores trajetos, seja por ser mais curto ou possuir menos pontos de frenagem e aceleração. Dessa forma, promove a redução de emissão de gases poluentes e menor consumo de combustível.

Já uma ferramenta para gestão de pneus, permite que esses ativos sejam melhor aproveitados na frota, aumentando sua vida útil e possibilitando mais processos de recapagem. Assim, economizando os recursos naturais explorados na produção de novos pneus.

Um sistema de gestão de manutenção permite acompanhar com clareza e eficiência os problemas com os veículos, evitando que saiam para rotas com erros que aumentam a poluição e podem causar ainda outros infortúnios na estrada.

Quer entender ainda mais sobre como proporcionar o transporte sustentável na sua operação? Então, confira nosso post sobre o assunto.

Autor

Jade Zart

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.