Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Entenda os tipos de desgaste de pneu e saiba como agir em cada caso

Entenda os tipos de desgastes de pneu que podem acontecer na sua frota. Ainda mais: as possíveis causas e soluções para cada um!
Conheça os desgastes de pneus e melhore a gestão da sua frota.

Para realmente entender como cuidar dos pneus, você precisa saber tudo sobre eles. Uma das informações, é sobre o desgaste de pneu: o que é, como acontece, como evitar, etc.

Talvez você já tenha ouvido falar ou lido sobre o TWI — esta é uma sigla para Tread Wear Indicator”, ou seja, indicador de desgaste do pneu. É um recurso dos pneus que fica dentro dos sulcos e indica o nível máximo de desgaste que o pneu pode atingir (1,6 mm). 

Apesar disso, ele não é totalmente visível a olho nu e deve ser medido com uma ferramenta própria para isso. Afinal, essa é a melhor maneira de entender os causadores do desgaste, juntamente de analisar o tipo de desgaste de pneu que está acontecendo.

Aliás, o desgaste é um sintoma que pode ajudar a descobrir problemas em outras partes do veículo. Por isso, continue lendo:

Desgaste central

O desgaste que acontece no centro da banda de rodagem (central), costuma ser pela alta pressão dos pneus. Mais do que um desgaste irregular, esse fator afeta o equilíbrio do veículo, tornando as viagens perigosas.

Outra coisa: a pressão excessiva aumenta o risco de estourar os pneus. Então, muito cuidado durante a calibragem!

Desgaste unilateral

A causa mais comum desse desgaste unilateral (em apenas um lado do pneu) é o alinhamento falho. A suspensão mal alinhada faz com que o pneu fique torto e em contato desigual com o chão.

Contudo, o excesso de carga localizado no veículo também pode acarretar nesse problema. Isto é, quando é ultrapassado o peso máximo de carga e ela ainda é mal distribuída no veículo. O pneu recebe tanto peso que gera uma curvatura para rodar e recebe danos de mau uso.

Planilha gratuita para o controle de pneus na frota

Organize em um só lugar o registro de todos os pneus de sua operação e reduza custos através de uma maior vida útil e menor consumo de combustível.
Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Desgaste localizado

O desgaste localizado é aquele tipo que se concentra em apenas uma região do pneu, como uma mancha. Pode ser por uma frenagem brusca ou travagem de emergência, derrapagem transversal ou pelo bloqueio de pneus.

Para prevenir, você precisa sempre verificar o sistema ABS e o sistema de travagem do veículo. Assim como, é claro, evitar as freadas repentinas do veículo. 

Desgaste irregular

O desgaste de pneu acontece de maneira irregular quando você deixa de realizar cuidados como o rodízio de pneus.

Por exemplo, a frente do veículo é mais pesada do que o restante, devido ao peso do motor e à construção do caminhão. Então, a tendência é que os pneus dianteiros sofrem mais desgaste que os traseiros — algo que o rodízio regular previne.

Além disso, a suspensão desregulada, problemas no sistema de travagem e baixa pressão podem gerar o desgaste irregular tanto em um único pneu como em diversos pneus do veículo.

A fim de evitar esse desgaste, faça a verificação de suspensão, travagem e pressão com frequência. O alinhamento de pneus também deve ser analisado quando essa ocorrência de desgaste for constante.

Desgaste escamado

O escamado no pneu tem um aspecto de dente de serra, um pouco pontudo. A princípio, não causa tanto perigo quanto os outros tipos de desgaste, embora deva ser resolvida o quanto possível de qualquer maneira.

Na verdade, há um barulho de rolamento constante com esse tipo de desgaste de pneu. Ele pode ser evitado com uma ação simples: escolher o tipo de pneu certo para a estrada da viagem.

Pneus de média e baixa severidade, por exemplo, não são ideais para estradas acidentadas, de chão e zonas de obra. Para isso, existem pneus específicos, mais resistentes e reforçados.

Desgaste serrilhado

O serrilhado, encontrado normalmente nas bordas do pneu, acontece por uma fricção incomum na estrada. Assim como o desgaste unilateral, acontece em decorrência de um problema no alinhamento.

E essa é, também, a única solução: ajustar o alinhamento do veículo.

Desgaste nos ombros

Os ombros são as “bordas” do pneu, que unem o centro da banda com as laterais do pneu. Um desgaste maior nessa região, você precisa verificar alguns elementos:

  • se os pneus estão sendo calibrados corretamente;
  • se há vazamentos acontecendo;
  • qual o peso máximo de carga que eles podem receber e qual estão realmente recebendo.

Geralmente, a baixa pressão é a responsável pelo desgaste nos ombros, já que aumenta a área de contato dos pneus com o chão. Por isso, é preciso notar se a calibragem está sendo realizada com a pressão recomendada e se há vazamentos excessivos e fora do comum em algum pneu.

Outro motivo é a sobrecarga dos veículos. Será que o pneu tem capacidade para aguentar a carga sendo transportada? Cada pneu tem um limite de peso suportado e você pode descobrir qual é observando as informações na lateral deles

Se notar que o desgaste nos ombros é maior nos pneus das frentes, o motivo também pode ser a alta velocidade em curvas na estrada. O que nos leva ao próximo tópico:

Desgaste por condução desportiva

A degradação da borracha, regiões mais arredondadas nos pneus e danos maiores são causados pela direção agressiva dos motoristas — principalmente realizando manobras em alta velocidade.

Além de ser um risco para si, para a frota e para os demais viajantes, esse estilo de condução causa danos irreversíveis nos pneus do veículo. A única solução é treinar e conscientizar os motoristas, tomando medidas mais drásticas quando isso não melhorar o comportamento na estrada.

Lembre-se:

Acompanhe a profundidade dos sulcos e pare de perder pneus por desgaste!

Para ainda mais dicas sobre pneus, confira o nosso guia de gestão de pneus gratuito!

Autor

Luiz Felipe

Sócio fundador e CTO na Prolog App

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

Teste Grátis

Checklist Eletrônico
na operação de sua frota
sem custos

Prolog App - Checklist Eletrônico

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.